Depressão

Depressão - Clínica Íntegra

O Que é Depressão?

A depressão é primariamente uma doença do humor. Ou seja, uma doença que afeta o modo como nos relacionamos conosco, com as pessoas ao redor, e com o mundo todo. Quem de nós já não ouviu as expressões “não me sinto mais o mesmo” ou “o mundo para mim não tem mais graça”.

   Possui causas neurobiológicas e psicodinâmicas. Dentre as causas neurobiológicas incluem alterações em determinadas áreas cerebrais, bem como prejuízo na transmissão de neurotransmissores como serotonina, dopamina e noradrenalina. Psicodinâmicamente, devemos individualizar as investigações, não havendo uma única causa subjetiva que possa abranger todos os indivíduos com depressão.

Quais os sintomas da Depressão?

Importante frisar que depressão não é sinônimo de tristeza. Podemos e devemos nos sentir tristes quando ocorrem situações difíceis, e isso é absolutamente saudável. Porém, algumas vezes, nos sentimos distantes de nós mesmos. Não comemos como o habitual, não dormimos como o habitual, não nos alegramos com o que costumava nos alegrar, nos estressamos de maneira mais frequente, sentimos culpados, impotentes, com a concentração e atenção prejudicadas. Ou seja, perdemos nossa vitalidade e nos distanciamos de quem realmente éramos. Nos tornamos apenas uma sombra daquele que éramos um dia. Tudo, inclusive nós, perde a cor. 

   Fato é que existem gradações para esses sintomas e, tão logo comece a apresentar algum deles, vale a pena procurar avaliação profissional.

Depressão tem tratamento?

É comum que pessoas que vivem com depressão demorarem meses, e até anos, para procurarem tratamento. Isso faz com que a doença se cronifique e, de certa maneira, dificulte o tratamento. 

   O tratamento deve ser conduzido por um médico psiquiatra e um psicólogo da sua confiança. É imprescindível uma análise profissional para avaliar a necessidade de algum tipo de medicação ou abordagens psicoterápicas específicas. Assim como as medicações, as terapias também não são iguais, e devem ser individualizadas.

    O tratamento com remédio não indica que você ficará “viciado” ou “dependente” da medicação. Um tratamento bem feito para qualquer doença deve ter começo, meio e fim.